Agora o Rio tem onde se divertir

A cidade do Rio de Janeiro ganhou a partir do dia 09 de novembro uma nova e moderna casa de shows na Barra da Tijuca, o Barra Music. Sob o comando da Sudeste Entretenimento, um grupo de empreendedores com mais de dez anos de experiência no mercado de entretenimento, a casa chega à Cidade Maravilhosa com um investimento inicial de R$10 milhões. Suas instalações somam 34 mil metros quadrados e têm capacidade para 6.600 pessoas, além de estacionamento para 1.000 carros. O funcionamento para o público será de quinta a sábado, das 23h às 5h. De acordo com os responsáveis pelo projeto, o mesmo vem sendo estudado há cinco anos para atender todas as necessidades de um público cada vez mais exigente e ávido por novidades.

“A idéia é ter um local fixo, que traga conforto com bastante segurança para a cidade do Rio de Janeiro, e que o cidadão tenha onde se divertir!” diz um dos diretores da casa. A estrutura está alinhada à grandiosidade e detalhamento do espaço. O palco conta com 30 metros de boca de cena, um dos maiores da América Latina, equipados ainda com dois telões Infinity de led de 24 metros quadrados cada, para ver o show de todos os ângulos . Os artistas terão disponíveis quatro amplos e luxuosos camarins equipados com armários, banheiros e rápido acesso ao palco. Por sua vez, som e luz de primeira qualidade e última geração — a cargo da empresa Sunshine — e painéis de Led da WGC dão o tom tecnológico ao espaço, que segue a mesma linha de alto padrão das grandes casas de show internacionais.

“Os jogos de luzes são responsáveis por transformar o ambiente, proporcionando uma experiência visual única. E, em breve, teremos surpresas a anunciar”, adianta um dos gestores da casa, lembrando também que o tratamento acústico atende a todas as normas dos órgãos de fiscalização.

Os 3.500 m² de área construída são decorados com uma mistura de granito, aço escovado e porcelanato e, na frente da casa, letreiros com LED compõem a parte visual. São doze entradas localizadas nas laterais e mais doze entradas exclusivas para os camarotes, evitando assim, retenção no fluxo de pessoas. Todas as saídas de emergência foram projetadas para rápida evacuação e a segurança será feita através de 160 câmeras espalhadas, com vigilância remota, controladas por um centro de monitoramento próprio.

A casa de shows terá dois níveis divididos em três áreas, são elas: pista (projetada para total visão do palco em qualquer ponto); jirau/mezanino (área externa com acesso exclusivo e limitado); e três categorias de camarotes (vip, para até dez pessoas por box, em todo o 1º nível; super vip, para até 14 pessoas por Box, nas laterais do 2º nível; e premium, para até 25 pessoas por box, localizado no centro do 2º nível). Os detalhes se estendem aos quatro cantos do Barra Music, incluindo até mesmo os banheiros. 230 sanitários e televisores de LED, que exibirão, simultaneamente, os shows do palco principal. Assim, o público não perde nada. Foram adquiridas também 1.100 toneladas de equipamentos para refrigeração, o que proporcionará ao público uma climatização perfeita e extremamente confortável.

Com o objetivo de evitar transtornos no trânsito dos arredores, um recuo de 20 metros foi projetado em seu terreno para os portões do estacionamento, onde até 80 carros podem aguardar na entrada. Desta forma, espera-se evitar retenção de fluxo na Avenida Ayrton Senna, reduzindo ao máximo o impacto da casa de shows na região. A agilidade no atendimento também será prioridade e, para isso, serão disponibilizadas 11 cabines de estacionamento, além de 24 caixas de pagamento, resultando na diminuição das filas e na espera.

Barra Music
  • área total 34.000 m²
  • área construída 3.500 m²
  • capacidade 6.600 pessoas
  • estacionamento 1.000 carros

Acessibilidade

A preocupação com a acessibilidade dos portadores de necessidades especiais é outro diferencial. Todos os andares e espaços do Barra Music contam com fácil acesso e rampas adaptadas para cadeirantes, além de elevadores, que atendem aos dois andares.

Sustentabilidade

Uma das preocupações do Barra Music é diminuir o impacto que um empreendimento deste porte causa no ambiente. Os pedidos de bar serão 100% eletrônicos, eliminando o uso de papel. Por sua vez, o tratamento acústico com tela eliminará em sua totalidade a poluição sonora na área externa.

Assessoria de Imprensa

Com quase 15 anos de experiência em comunicação corporativa, a Approach é reconhecida por oferecer soluções integradas para os seus clientes, criando uma imagem positiva e gerando relacionamentos de qualidade com públicos estratégicos. A agência tem escritórios em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, além de parceiros nacionais e internacionais.

Meia Entrada

A compra de meia-entrada é direito pessoal e intransferível, motivo pelo qual é condicionada ao comparecimento do beneficiário, portando um dos seguintes documentos:

Estudantes

(1º, 2º e 3º graus, que correspondem a ensino fundamental, médio e superior, com carteira de identificação estudantil expedita por:

Leis Estaduais nº 2.519/1996, nº 4.153/2003 e nº 4.816/2006); escolas da rede pública ou particular de ensino fundamental, médio e superior; UNE, FESN (só aplicável para estudantes de estabelecimentos oficiais de ensino fundamental, médio e superior). Os estudantes deverão apresentar documento de identificação estudantil expedito pelo correspondente estabelecimento de ensino e/ou pela associação estudantil e/ou pela agremiação estudantil a que pertençam. Deverá ainda ser apresentado um documento de identidade, preferencialmente contendo foto (RG , CNH, PASSAPORTE, etc).

1)Boleto bancário e/ou comprovante de pagamento de mensalidade escolar não é documento hábil para comprovar a condição de estudante. 2)Caso o documento não possua data de validade, o portador deverá apresentar documento comprobatório de matrícula ou da frequência no ano letivo em curso

Menores de 21 anos

Lei Estadual nº 3.364/2000 (Qualquer documento oficial - RG ou Certidão de Nascimento);

Idosos (com idade igual ou superior a 60 anos)

Lei Federal nº 10.741/2003 estatuto do idoso (Documento de identidade ou documento com foto que comprove a sua condição.);

Deficientes Físicos:

Lei Estadual nº 4.240/2003; O documento comprobatório para o benefício da meia-entrada deverá ser apresentada no ato da compra e no acesso ao espetáculo, de modo a comprovar o efetivo direito ao benefício.